domingo, 24 de abril de 2016

Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses de Caucaia Realiza Monitoramento para o Controle da Leishmaniose Visceral (Calazar)

A ação tem como finalidade estabelecer uma fase de estudos no período mais favorável para a transmissão do agravo, e assim direcionar as medidas de prevenção e controle químico do vetor a serem adotadas. Vale lembrar que em Caucaia a maioria de casos de Leishmaniose Visceral (Calazar) estão concentrados na região urbana. 
Segundo o levantamento histórico dos casos humanos de Leishmaniose visceral nos últimos 05 anos  verificou-se a necessidade do monitoramento ser realizado em oito localidades na área urbana com a maior concentração dos casos. Nos pontos de coletas nas oito localidades estão sendo instaladas as armadilhas no intra e peridomicílio, em especial nos locais com atrativos  para o mosquito com galinheiros, pocilgas e em cômodos das pessoas dormir. Após 12 horas as armadilhas são retiradas e encaminhadas ao laboratório para identificação da espécie. 
O Calazar é um dos principais problemas de saúde pública, sendo fundamental o monitoramento direcionando os locais para as  ações de controle, conforme orienta o Programa Nacional de Controle da Leishmaniose Visceral.   

Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses de Caucaia - 3342.8010

Nenhum comentário:

Postar um comentário